Aula 6 – Plataformas, Filtros e Curadoria

Apresentação de Giselle Beiguelman (FAU-USP)

AMARAL, Adriana. Práticas de Fansourcing: estratégias de mobilização e curadoria musical nas plataformas musicais

BAILIE, Heather. Curation  as a tool fo teaching and |Learning (acessado em 09/06/2015)

BRUNS, Axel.Gatekeeping, Gatewatching, Realimentação em Tempo Real: novos desafios para o Jornalismo

BRUNS, Axel, BURGUESS, Jean. The Use of Twitter Hashtags in the
Formation ofAd HocPublics

CORREA, Elizabeth Saad (org.). Curadoria Digital e o campo da comunicação (ISSUU)

DIAS, Guilherme Ataíde, VIEIRA, Américo A.N. Questões Éticas e Legais Emergentes. Ci, Inf, Brasília. Brasília, DF v. 42 n.2 pp. 174-184 maio/ago 2013

GILLESPIE, Tarleton. Politics of “Plataforms”. New Media & Society, 2010

KISCHINHEVSKY, Marcelo, CAMPOS, Luiza Borges.  Rádio social: novos intermediários da indústria da música. Revista Novos Olhares – Vol.4 N.1, 2015

MOROZOV, Evgeny. Criatividade, algoritmos e o poder da recomendação humana. Folha de S. Paulo, 15/03/2013
______________. A segunda morte do flâneur. Caderno Link. Estadão. 19 de fevereiro de 2012

RAMOS, Daniela Osvald. A influência do algoritmo. Revista Communicare. Volume 17 – Edição especial de 70 anos da Faculdade Cásper Líbero
SAAD, Elizabeth, RAPOSO, João Francisco. Prosumers: colaboradores,
cocriadores e influenciadores. Revista Communicare. Volume 17 – Edição especial de 70 anos da Faculdade Cásper Líbero
SILVEIRA, Sérgio Amadeu. O governo dos algoritmos. Revista de Políticas Públicas v.21 n. 1 p267-281, 2016
TERRA, Carolina. Do broadcast ao socialcast: apontamentos sobre a cauda longa da influência digital, os microinfluenciadores. Revista Communicare. Volume 17 – Edição especial de 70 anos da Faculdade Cásper Líbero

ALGORITMOS CULTURAIS -: CONCEITUAÇÃO E APLICAÇÃO EM ROBÓTICA
Benjamin Franklin* Marcel Bergerman
The New Memory Palace – By Paul D. Miller aka DJ Spooky – Posted on by Caitlin Olson
de mídia sonora e desafios à diversidade musical no Brasil – Eduardo Vicente/ Marcelo Kischinhevsky/ Leonardo de Marchi

“Culture now has two audiences: people and machines”: A conversation with Ted Striphas
IFTTT – if this than that
Ferramentas de gestão de pesquisa disponíveis para os pesquisadores SIBiUSP – 2015 – Por: Elisabeth Dudziak 
Internet Memes Timeline
(Dipity)

FOTOPLUS – BASES DE DADOS
Scoop.it : Pierre Levy
Paper.li – Crie seu jornal online
Pinterest – Pin anything you want to save/ Pinterest – Liráucio
Infographic Zone
Music
Definition: Noun/ Sparrho is your personalised recommendation platform for scientific content./ Verb: To keep a bird’s eye view on science/ Sparrho also creates channels for different research interests and tailors it to your needs. In every channel you can choose your algorithm and control what you see. Sparrho allows you to go beyond search and choose so you can teach it how to personalise the results in that channel for you

Os algoritmos e a política. Nem bons ou ruins, os algoritmos também não são neutros. Entrevista especial com André Pasti e Marina Pita – Patrícia Fachin. Revista IHU, 15/08/2016

Shazam e Soundhound: entenda como funcionam apps que identificam músicas -Guilherme Tagiaroli -UOL

Reproduza uma canção no computador ou em um gadget que esteja posicionado próximo ao microfone do seu PC e aguarde. Em alguns segundos, ela será reconhecida e, na tela seguinte, o nome, o cantor e o álbum em que foi lançada a música serão exibidos

How the web distorts reality and impairs our judgement skills – 

Como o Uber lucra nas corridas mesmo quando seus motoristas não ganham nada – Motherboard –  Jay Cassano

Giselle Beiguelman-  UOL – 21/02/2016
 Funes, o Memorioso – Jorge Luís Borges

O gosto na era do algoritmo -As sugestões de plataformas como Netflix e Spotify elevam o risco de homogeneização da identidade – Daniel Verdú El País,

Pesquisadores desenvolvem algoritmo capaz de prever sucessos de vendas – Juliana Cunha, Folha de S. Paulo, 20/10/2016

 NEWSMAP

How #hashtags changed the way we talk – Muriel MacDonald (Social Studies)

Autor: Liráucio Girardi Júnior

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Mestre em Ciência Política pela mesma universidade. Doutor em Sociologia na Universidade de São Paulo. Sua tese foi publicada sob o título "Pierre Bourdieu: Questões de Sociologia e Comunicação", pela editora Annablume em co-edição com a FAPESP. Foi pesquisador do Centro Interdisciplinar de Pesquisa (CIP) da Faculdade Cásper Líbero e publicou diversos artigos acadêmicos na área de Sociologia, Estudos Culturais, Cultura de Consumo e Cultura de Rede. Participou do grupo de pesquisa “Comunicação, Tecnologia e Cultura de Rede” sob a coordenação de Sérgio Amadeu da Silveira - na pós-graduação da Faculdade Cásper Líbero. Atualmente, participa do Grupo de Pesquisa "Teorias e Processos da Comunicação" sob a coordenação de Luís Mauro Sá Martino. Desde 1993 leciona a disciplina Sociologia Geral e da Comunicação na Faculdade Cásper Líbero. É também professor dessa disciplina nos cursos de Comunicação Social da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) desde 1997. Professor das disciplinas "Teorias da Comunicação", "Comunicação, Sociedade e Cultura" e "Comunicação, Redes Sociais e Cibercultura" no curso de Midialógia - IA/UNICAMP. Professor da disciplina "Comunicação, Redes Sociais e Cibercultura" na pós-graduação da Faculdade Cásper Líbero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.